Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

Aprender a ser mãe

O título é uma falácia. Não se aprende a ser mãe. Não no sentido estrito da palavra. Mas aprende-se com exemplos. Com pessoas que, sem nos quererem ensinar nada, nos mostram, pelo exemplo que dão, caminhos que podem ser felizes.

Eu aprendi a ser mãe com a minha mãe. Na verdade, ela, como todas as mães, errou muito. Mas, no essencial, não falhou. Nunca me faltou a noção de responsabilidade versus liberdade. Nunca me faltou incentivo para ser eu e para fazer o que eu gostava. Nunca me faltou a crítica. Faltou-me ouvir que havia orgulho em mim. Mas acho que isto era uma questão de tempo, de época. Na minha infância não ouvi ninguém dizer aos filhos os "amo-te" imensos que se ouve hoje em dia e acho que isso foi mau. Mas não me fragilizou.

A minha mãe ensinou-me que o mimo pode corromper. Eu fui demasiado mimada nalgumas coisas e hoje ressinto-me disso. Mas tenho o discernimento suficiente para perceber isto (e sei exactamente "onde" é que reside este mimo excessivo).

A minha mãe cometeu erros comigo que eu não quero perpetuar. E evito-os com os meus filhos. Mas ensinou-me coisas valiosas, que procuro eternizar neles. A minha mãe ensinou-me a pensar por mim, a ser autosuficiente e isso é valiosíssimo.

A minha mãe, que tem qualidades fabulosas (e alguns defeitos insuportáveis) é a melhor mãe do mundo. E faz anos hoje.

Obrigada por tudo. E parabéns, Mãe.


publicado por Lénia Rufino às 10:51
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De Rita a 24 de Agosto de 2011 às 11:15
Parabéns à mãe! :)
De ombemua a 24 de Agosto de 2011 às 13:37
Parabens a Mae, e a filha por ser tao mimosa com ela :o)

Baci*
De My Home a 25 de Agosto de 2011 às 11:52
Eu tenho um Blog - O Diário da Mamã (comfacilidade.blogspot.com), mas devido a uma utilização indevida por parte de desconhecidos, eu já me tinha apercebido, mas nem queria creditar afinal de contas são momentos e condissões muito pessoais, como é que alguem pode usar isso para prejudicar, mas é mesmo assim, usaram e abusaram!! Não tenho conhecimento se fizeram comentarios noutros blogs menos positivos e é por isso que decidi apaga-lo!!
Decidi criar outro (este) - Make in my Home http://makeinhome.blogspot.com/.
Para quem quiser continuar a seguir-me a fazer parte do meu mundo, a porta está aberta, mais e novas aventuras virão.

Beijinhos e esperamos por boas noticias...
De Rita a 31 de Agosto de 2011 às 23:04
Adorei este teu post! Ser mãe não é fácil, mas ser-se filha tb não o é! Há quem diga que entendemos melhor as nossas mães no dia que nós próprias o passamos a ser também! Afinal de contas criticar é muito mais fácil que ser criticado, eheh
Sorte de nós que temos mãe e que apesar dos seus erros as conseguimos seguir!
Apesar de atrasados, parabéns à tua mãe e pelo teu blog!
De Isabel a 1 de Setembro de 2011 às 08:15
Parabéns à mãe da Marianne!

Ainda não tenho filhos, mas quero ser uma mãe igual à minha. Apesar de na altura não compreender algumas das suas decisões, hoje admito que fez um bom trabalho, muito difícil, mas bastante positivo. Tenho de lhe dizer isto.
De triss a 2 de Setembro de 2011 às 15:46
Nem mais Marianne! beijinhos
De Ana Luisa a 14 de Setembro de 2011 às 13:38
gostei do teu blogue! é a primeira vez que cá venho..

proponho uma breve visita ao meu!

beijinho! Ana Luisa

www.doceparaomeudoce.blogspot.com
De ricardina silva a 2 de Maio de 2012 às 18:35
Ser mãe e uma tarefa muito difícel mas tanbm e gostozo,por saber q exest alguem q depend d nos e preçisa do nosso amor carinho proteção e atenção bjsss e boa sorta sort para todas as mães do mundo!!!
De ricardina silva a 2 de Maio de 2012 às 18:37
Ser mãe e uma tarefa muito difícel mas tanbm e gostozo,por saber q exest alguem q depend d nos e preçisa do nosso amor carinho proteção e atenção bjsss e boa sorta sort para todas as mães do mundo!!!
De ricardina silva a 2 de Maio de 2012 às 18:37
Ser mãe e uma tarefa muito difícel mas tanbm e gostozo,por saber q exest alguem q depend d nos e preçisa do nosso amor carinho proteção e atenção bjsss e boa sorta sort para todas as mães do mundo!!!

Comentar post

a mãe

De saltos altos, de sabrinas, de ténis, de havaianas, de pantufas ou descalça. Uma mãe com dois filhos pequenos, que trabalha, que põe uma casa a mexer, que tem um marido (logo, também é esposa), que escreve umas coisas e que tenta chegar a todo o lado e mais algum. Uma mãe igual a tantas outras.

escrever à mãe

Marianne

também aqui

not so fast
not so fast *handmade*
not so fast cooking

antes

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

pesquisar

subscrever feeds